VISITE NOSSO SITE

VISITE NOSSO SITE
VISITE O SITE DA RADIO EMOÇÃO

LINGUAGEM

Player

quarta-feira, 4 de junho de 2008

NOTICIAS - FOTOS E CENAS DE ESTUPROS DE ADOLECENTES CHOCA A BAHIA.

Fotografias e filmagens de dois casos de estupro de adolescentes, divulgadas na internet, causam comoção na Bahia. Na segunda-feira, uma estudante de 16 anos, de São Gonçalo dos Campos, 108 quilômetros a oeste de Salvador, com o incentivo da mãe, procurou a polícia para denunciar os abusos que sofria por parte de um grupo de cinco adolescentes, entre 14 e 17 anos, todos colegas de escola.

Um deles é ex-namorado da estudante. Imagens capturadas durante as agressões foram parar na rede. Nas cenas, a adolescente aparece sendo estuprada e agredida pelos menores. Desde que as imagens começaram a ficar conhecidas na cidade, há cerca de dez dias, a aluna parou de freqüentar o Colégio Polivalente, da rede estadual. Os estudantes envolvidos foram expulsos pela direção. Só então a vítima procurou a polícia.

A menor afirmou delegado Antônio Luciano Lima que os abusos começaram quando o relacionamento dela com um dos agressores terminou por causa de constantes brigas, no início de maio. Desde então, ela diz ter sido abusada pelos jovens quatro vezes e que não os denunciou antes porque eles ameaçavam divulgar os registros. "Os acusados já se apresentaram e vamos ouvir todos eles nos dias 11 e 16", disse Lima. "Pelas imagens, fica claro o estupro." A mãe da adolescente, ainda bastante abalada, admitiu a possibilidade de mudar de município. "Eu, que sou mãe, nunca bati nela", lamentou. "Quem esses jovens acham que são para fazer um absurdo desses?"

O caso é o segundo do gênero na Bahia nos últimos dez dias. No fim de maio, o caso de uma adolescente de 13 anos que teria sido dopada e violada por três adolescentes de 17 anos, em Itanhém, 983 quilômetros ao sul da capital baiana, foi descoberto depois que o pai da vítima, um carpinteiro que mora há seis anos nos Estados Unidos, recebeu por e-mail 54 imagens da agressão.

De acordo com a jovem, ela desconhecia que havia sido estuprada e, por isso, não denunciou os agressores. Em depoimento, ela afirmou que, em 21 de abril, foi convidada por um amigo, de 17 anos, para beber, na casa de outro amigo. No local, estava também um jovem de 19 anos. Em determinado momento, ela teria passado mal e desmaiado.

Então, os jovens teriam a violentado e tirado fotos do ataque. Só acordou no dia seguinte, depois de ser resgatada por uma tia. Os três acusados fugiram da cidade depois que as fotos começaram a ser divulgadas, via internet. Um deles, porém, voltou e se apresentou ao delegado José Neles de Araújo, na sexta-feira. O jovem negou a versão da vítima, disse que as imagens retratam apenas uma "curtição", que a adolescente concordou com o ato "até desmaiar" e que não se arrepende de nada do que aconteceu.

O suspeito foi liberado depois do depoimento. Um segundo acusado teve a apresentação agendada pela defesa para sexta-feira. O terceiro está foragido - informações da polícia indicam que ele pode estar em Portugal.

Um comentário:

Rosi Cheque disse...

Oi pessoal. Adorei conhecer este maravilhoso Blog. Aproveito para comunicar que acabo de lançar o livro “RETRATO” - inspirado em matérias dos mais respeitados e renomados JORNALISTAS AMBIENTAIS, ESPÉCIES DA FAUNA E FLORA AMEAÇADAS DE EXTINÇÃO e de trabalhos de EDUCAÇÃO AMBIENTAL. O objetivo principal da obra é, por meio da poesia, DESPERTAR A CONSCIÊNCIA CONSERVACIONISTA em relação aos escassos e tão ameaçados recursos naturais do País, bem como CONSTRUÇÃO DA CIDADANIA, ÉTICA E CULTURA DE PAZ. Um beijo no coração de todos. (Rosi Cheque - jornalista e poeta / São Paulo, capital)